Nosso Forró Nagoya Festival 2019


BUY YOUR TICKET 

Tickets

Favor fazer a reserva do quarto no campo abaixo.  部屋の予約は下の欄から行って下さい。

Please make room reservation in the field below.

FESTIVAL LOCATION

Workshop and accommodation room.


〒470-3236 Miyaushiro 1-1 Onoura, Mihama-chō, Chita-gun, Aichi-ken

Utsumi train station

ARTISTAS CONFIRMADOS

Diego Oliveira

"Amor"é o que este cantor tem para lhe dar, oferendando a cada manhã o melhor do Forró.Com o repertório escolhido a dedo, que tem como principal característica os baiões bem tocados e os xotes para se dançar de rostinho colado, um forró quente e swingado.
Com um título de campeão do Festival de Itaúnas, dois Cd's e um DVD, assim segue pelo mundo a fora levando seu talento e carisma.
A desbravar assA desbravar assim segue o homem apaixonado com coragem e alegria, mostrando que o legado dos grandes mestres tem seus herdeiros por direito.

Leandro Campanha

Natural do Espirito Santo, da cidade de Vila Velha, iniciei minha carreira musical em 1999, aos 12 anos de idade, na banda Forró Comichão, influenciado por meu irmão, que tocava em uma banda com amigos, e vendo aquilo fiquei maravilhado e como um bom irmão caçula, resolvi copiá-lo.
Foi assim que então conheci e me apaixonei pelo forró, e de forma despretensiosa, fui aprendendo a tocar vários instrumentos musicais.
Com 13 anos de idade e acompanhado do meus pais, comecei a tocar profissionalmente, em casas de shows, eventos, e até hoje, durante toda minha carreira, toquei com grandes bandas e artistas como: Banda Comichão, Macucos, Trio Virgulino, Trio Potiguar, Mequetrefe, Flavio José, Ravele show baile, Renan di Castro, Allan Vieira, Hypnotzion, Brazil Dub, Breno e Lucas, Falamansa, Bicho de pé, Duka Santos, Fabiano Santana, Pinto do Acordeon, Zeu Azevedo, Black do Acordeon, Cainã Araújo, Zé Pierno entre outras.
Sou baterista por formação, pela Escola Luiger Lima, e me apaixonei pela bateria por acaso, depois da necessidade de deixar de ser percussionista da banda que estava para assumir o instrumento, pois o baterista não pode comparecer à alguns shows. Na minha carreira musical, também tive a oportunidade de aprender a tocar alguns instrumentos como: Zabumba, Triangulo, Agogô, Pandeiro, Conga, Bongo, Chocalho, Guiro, Casaca, Tambor, Reco-reco, Tantan, Surdo, Caixa e Bateria. Atualmente sou pedal (principal instrumentista) da bateria do Grêmio Recreativo Escola de Samba Jucutuquara.
Sou músico há 19 anos, e além disso, dou aulas de instrumentos musicais há 6 anos e caminho para minha sexta turnê Internacional. Não gosto de dizer que sou professor, gosto de dizer que sou um incentivador, o instrumento é uma prática diária, nos meus encontros musicais com alunos, busco incentivar ao próximo a prática instrumental, assim como encurtar os caminhos, deixando mais simples possível, à execução.


Ricardo Bona 

é acordeonista, professor de música, compositor e graduado pela Universidade de São Paulo (USP). Estudou no Conservatório da AWM com Álvaro Couto e na Escola de Música do Estado de São Paulo, com Guilherme Ribeiro e Josué dos Santos.

Ricardo teve aulas com renomados artistas como Oswaldinho do Acordeon, Toninho Ferragutti e Chico Chagas.Estudou e tocou uma grande variedade de estilos musicais, incluindo o choro, o forro, a música caipira, o sertanejo, a música clássica, o jazz, o tango e a música folclórica regional.

Sua primeira banda de forro foi uma banda de amigos que se chamava "Forro de gaia" que o estimulou a tocar Acordeon. Depois de decidir mudar-se pra Sao Paulo para fazer faculdade de musica foi convidado para uma turne de Sao Joao com a banda Rastape a qual permaneceu como musico free lance por quase 3 anos. Em sueguida produziu e gravou o DVD da Banda Kanavia ". Alem disso foi musico das Bandas Praeira e Peixe Eletrico que comecaram o movimento do Forreggae.
Ricardo chegou à Austrália em agosto de 2017 e vem construindo sua carreira tocando choro, jazz, tango e música popular brasileira. Ele participou do festival de Woodford em 2017, bem como outros festivais em Sydney e Canberra. Recentemente ele foi convidado para representar a música brasileira no festival internacional de acordeão em Sydney.
Favoritos músicos e grupo:
Clube da Esquina, Chico Buarque, Sivuca,Dominguinhos,Oswaldinho do Acordeon, Trio Nordestino, Cartola, Richard Galliano, Pixinguinha, Ernesto Nazaré, Jacob do Bandolim, Toninho Ferragutti.



Flor de Juazeiro

Formada em 2012 em Tóquio (Japão ), pelas japonesas que amam música brasileira especialmente o forró. Mudou os membros e reformada como "Forró Flor de Juazeiro". Toca cover de forró clássico como Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Flávio José até estilo moderno como Bicho de Pé, Mariana Aydar, Trio Juriti, etc. A harmonia de suas vozes tem uma boa reputação. A banda é formada atualmente por Lico (vocal e triângulo), Michan (sanfona e voz), Marina (cavaquinho e voz). Armando Nakanuma(violão e voz) e Chichan(zabumba) são os menbros principais da Banda. A Banda participa em muitos eventos o ano inteiro especialmente nas cidades que têm comunidade brasileira no Japão como Hamamatsu, Nagoya, Gunma. Os eventos de participação:Forró Festival em Hamamatsu(2017, 2018, 2019) Nosso Forró Nagoya Festival(2018,2019) Vamos Brasil(2018, 2019) Show de homenagem à Olímpico 2020 Tóquio pelas prefeitura de província Saitama e prefeitura de Niiza.

Banda Sapato Novo

Banda Sapato Novo é uma banda japonesa de música nordestina brasileira formada em 2006 em Nagoya.
A banda iniciou sua carreira com estilo acústico, mas com a chegada de novos membros foram introduzidos instrumentos musicais elétricos.
Participou do festival "Bellows Lovers Night" promovido pelo sanfoneiro profissional japonês Coba, entre muitos outros eventos envolvendo a música brasileira.

PROFESSORES CONFIRMADOS

Felipe Raso nasceu em Belo Horizonte e aos dez anos de idade já dava seus primeiros passos, porém começou a estudar forró de fato aos 17. Logo se apaixonou pelo estudo da dança e ficou obcecado por entender como a linguagem corporal funcionava. Conquistou o colar vermelho do pé descalço em 2012, mesmo ano em que ganhou a copa Brasil forró, é um dos vermelhas atuantes mais antigos da casa na atualidade e foi o primeiro bicampeão do Jack and Jill, disputado entre os vermelhas do Pé Descalço. Começou a dar aulas em 2011 e em 2013 foi coordenador técnico da unidade matriz ficando responsável por gerenciar grandes nomes como Lucas Dumont, Valmir, Milena e Juzinha. Ministrou workshpos e lecionou em festivais de vários países: Brasil, EUA, Inglaterra, Rússia, Alemanha, e Irlanda. Foi membro do grupo de apresentações do pé descalço por 7 anos e foi coreógrafo líder por 2 anos. Hoje ele é proprietário e diretor artístico de duas unidades do Pé Descalço. Além do forró ele estuda Lindy Hop (venceu campeonatos nos EUA) Zouk, Samba, Salsa em roda, West Coast Swing e Sapateado. Seu sonho é ver cada vez mais pessoas ao redor do mundo dançando e se divertindo.

Diana Richter, nascida e criada em Düsseldorf-Alemanha, dança apaixonadamente desde os três anos de idade. Dançarina profissional, professora e coreógrafa, tem lecionado há mais de 13 anos Dança Contemporânea, Hiphop, Dança Elementar, entre outros estilos.Por muitos anos praticou Balé, foi Líder de Torcida e participou de muitas competições.Em 2015 tornou-se Bailarina e Coreógrafa de um grupo de teatro de dança que produziu performances de sucesso nos últimos anos.Diana estuda o curso de Esportes e Dança na Universidade de Colônia e num período de três anos concluiu uma Educação de Dançarinos.O Forró entrou em sua vida em 2015 e foi paixão à primeira vista. Desde o início de 2017 ministra aulas de Forró e de Ladystyling em Düsseldorf e em festivais nacionais e internacionais. Também dança Zouk e Samba de Gafieira. Porque seu amor e paixão pela dança são tão inspiradores e importantes, é também uma honra para ela compartilhar seu conhecimento com outras pessoas.

ENGLISH:

 Diana Richter, born and raised in Düsseldorf, dances passionately since she's three years old. She works as a professional dancer, teacher and choreographer. She has been teaching styles like contemporary dance, modern dance, elementary dance and much more for 13 years now. 

Before, she also practiced ballet, cheerleading and Discodance and participated in many competitions.
She became a dancer and choreographer of a dance theater ensemble, which produced successful performances throughout the last years, in 2015.
Diana studied sports and dance in Cologne and also finished a three year long dancer's education.
Diana started dancing Forró in 2015. Since the beginning of 2017, she is teaching Forró and giving lady styling classes in Düsseldorf, as well as at national and international Festivals all over the world. She also has knowledge about Zouk and Samba de Gafieira.
Because her love and passion for dance is so inspiring and important to her, it is an honor for her to share this passion and her knowledge with other people.

Sarah Lein teve seu primeiro contato com forró em 2011 no grupo Forró de Colônia. Ela se apaixonou imediatamente pela dança, música e cultura brasileira.

Desde 2015 dá aula regularmente com Rudolfo em Colônia e é uma das principais organizadoras da associação Forró de Colônia e.V. e do FdC-Festival, que ocorre anualmente. Há quase 2 anos dá seu próprio curso na unidade do FdC de Bonn.

Sendo parceira em workshops de vários professores e dando aulas juntamente com Rudolfo, Sarah acumulou experiências em dançar e ensinar diferentes estilos, como forró universitário, forró dinâmico, forró roots e forró cassino. Até o momento ela já foi convidada para mais de 20 festivais de forró em todo o mundo, tendo dado aulas em 8 países europeus, além de EUA, Canadá e Japão.

E sua experiência não é somente como professora de forró. Sarah também dispõe de uma longa carreira como patinadora no gelo e de uma graduação em Educação Física, para poder transmitir aos seus alunos tanto o amor à dança, como também a técnica, postura e controle corporal.

English:

In 2011 Sarah started dancing Forró in the group of Forró de Colônia (FdC) in Cologne, Germany and immediately fell in love with the dance, the music and the Brazilian culture in general.
Since 2015 she gives regular classes with Rudolfo in Cologne and is one of the main organizers of the association Forró de Colônia e.V. and the annual FdC-Festivals.
Since two years she teaches her own regular class for FdC in the city of Bonn, Germany.
As an assistant for many different Forró teachers and by teaching together with Rudolfo, she gained experience in diverse types and styles of Forró including Forró Universitário, Forró Dynamico, Forró Roots and Forró Cassino. Overall, she was invited to teach in more than 20 different Forró Festivals all over the world including eight European countries, the United States, Canada and Japan.
But the experience in teaching Forró is not the only reference Sarah has. She also uses her theoretical knowledge from studying exercise science and coaching, and her practical experience of more than 15 years in professional figure skating to impart the love to dance to her students as well as the basic techniques of balance, posture and body control.

Rudolfo nasceu em Olinda em Pernambuco. Desde a infância, ele desenvolveu uma paixão pelo folclore, cultura, mas especialmente para as danças Nordeste. Durante sua infância, ele participou de varias festas juninas, dançando nas quadrilhas do estado Pernambuco. Com 14 anos, seu interesse pelo forro aumentou e ele assim começou a aprender os estilos de forro. Com 19 anos, ele descobriu o forró universitário, cujo ele modificou mesclando seu estilo assim como outras danças Pernambucanas. Em 2010, Rudolfo se muda pra Colônia, onde ele funda a associação Forro de Colônia e.V. O portfólio de Rudolfo contém a participação de mais de 70 Festivais no mundo inteiro. Durante os últimos 8 anos.

English:

Rudolfo was born in Olinda, in the state of Pernambuco, Brazil. Even as a child Rudolfo Batista da Silva was passionate about the folklore, the culture but mostly about the dances of this region of the northeast of Brazil (Nordeste). During his childhood he participated in many of the typical parties called Festas Juninas, dancing in the cultural capitals of Pernambuco. At the age of 14 Rudolfo's interest in Forró grew and he started learning the typical styles of the northeastern region. When he was 19 he was introduced to the Forró Universitário style, learning it and mixing it with his Forró Nordestino. In 2010 he moved to the city of Cologne in Germany, where he founded the group Forró de Colônia. Rudolfo already has been invited to teach in more than 70 Festivals in the last 8 years.

Emílio e Sandra são naturais de São Paulo Capital e começaram a sua trajetória na dança com aulas de dança de Salão.

Ecléticos já experimentaram vários ritmos mas foi com o Pagode ritmo tradicional de São Paulo que a parceria se formou a 18 anos atrás.
E foi ensinando pagode que eles descobriram que a dança seria a sua ferramenta condutora de Alegria para as pessoas. Ensinar e Aprender com cada pessoa que entra em suas aulas.
O Sertanejo entrou em suas vidas em 2010 durante férias no Brasil 🇧🇷 e foi paixão à primeira vista.
Hoje eles levam a dança de salão e ensinam Pagode, Samba de Gafieira, Sertanejo Universitário, Vaneira e Forró.
A Sandra desenvolve um trabalho paralelo com aulas aeróbicas de dança já a 20 anos que começou com Axé e segui-se por aulas de Step, Zumba , HitDance até chegar ao Sky JUMP que é um trabalho pioneiro no Japão.
Os dois estão ansiosos pelo festival e convidam vocês para esse lindo evento .

Valeria brasileira, nascida em Apucarana, no estado do Paraná. Desde criança é apaixonada por folclore, participou em diversas danças, músicas, teatros e lendas, essa diversidade cultural que está presente em muitos estados brasileiros. Formou-se na área da educação em 1994. Trabalhou em escolas municipais e particulares. Especializou-se na utilização de materiais alternativos para compôr suas aulas, em especial as de ritmos e musicalização infantil. Trabalhou com coreografias de danças para crianças, jovens e adultos. Veio para o Japão onde lecionou educação infantil, ensino fundamental 1 e 2, e ensino médio, além de levar o folclore para todas as idades também contou as histórias das lendas e ensinou-lhes danças típicas como o Boi Bumbá, dança do Pau de Fitas, entre outras. Conheceu o forró no mesmo ano em que se formou em Licenciatura Letras/Inglês, 2014. Tem se dedicado a aprender e ensinar, com ênfases no estudo da linguística e dança dentro da sociedade, como inclusão social. Leciona regularmente aos sábados e domingos na Academia Nosso Forró, incentivando os alunos a buscar a construção de indivíduos mais sensíveis, críticos, criativos e transformadores. Participante do grupo de estudos Mulher que Dança, visando o desenvolvimento do pensamento feminino.


Dinho natural de SBC/SP, teve o primeiro contato com o forró na sua adolescência. Iniciou o forró em 2014 na academia Brasil A2, onde virou instrutor. Em 2017 morou por 3 meses em Colônia na Alemanha para aprender e ensinar forró. Participou de diversos festivais de forró na Europa onde também é voluntário na organização dos festivais. Um dos idealizadores do primeiro festival de forró que aconteceu no Japão em 2017. Ele está muito feliz e honrado por participar pela segunda vez do Nosso Forró Nagoya Festival!

Silvanio natural de Turmalina-MG, nasceu dentro de uma família forrozeira que desde então, todos familiares se reuniam aos finais de semana para tocar e dançar um forrózinho. Até então, chegou um tempo que a maioria da família se mudou para São Paulo e foi lá que ele encontrou a parceira de vida dele...

Cristina natural de São Paulo-SP, conheceu o forró através de Silvanio nas tradicionais reuniões familiares que sempre acontecia aquele forrózinho. E esse ano vão fazer 30 anos de casados e o forró nesse meio também até então, a oportunidade de se profissionalizarem e conhecerem ainda mais o Forró aconteceu no final de 2008 através da Academia Brasil A2 com os Professores e Fundadores da Academia,André Yumoto e Priscila Ioshida. Desde então, ã 5 anos à frente da Academia são 2 dos professores da Academia Brasil A2, dando continuidade ao projeto que já tem ...16 anos nas regiões de Shizuoka, Tokyo e Gunma.

Juliana Araújo brasileira e capoeirista, reside atualmente no Japão na cidade de Toyohashi, Aichi-ken. Iniciou a capoeira em meados de 1994, formou-se contramestra no ano de 2012 pela Associação Desportiva Memória Capoeira. Tem formação em Capoterapia pela Associação Brasileira de Capoterapia, formação acadêmica em Educação Física, pós graduada em psicopedagogia e pós graduando em História e Cultura Afro-brasileira pela Facon- Faculdade de Conchas. Participou de oficinas, workshops e campeonatos de Capoeira e ministrou Workshops em vários estados do Brasil e em outros países como: Itália, França, Canadá, Espanha, Inglaterra e Japão. No ano de 2008 fundou a Associação Cultural e Ancestral Africabrasil Capoeira tendo como objetivo trabalhar a Capoeira e as suas manifestações adjacentes com públicos diversos. Atualmente Juliana Araújo ministra aulas na Escola como Professora de Educação Física, Capoeira e desenvolve trabalhos como psicopedagoga. Sua filosofia de vida é baseada em Cultura e em qualidade de vida. Tendo a Capoeira como o seu ponto de equilíbrio, uma conexão entre corpo, mente e espirito.

Jessica Diniz é de São José dos Campos - SP. Além de ser professora de dança, ela também é professora e recreadora de educação infantil. Para ela é uma grande realização poder trabalhar com seus dois grandes amores: Crianças e Dança!

Dança a dois:

Ela define a dança como o remédio da alma e quando começou a dançar, em uma cidade do interior, não imaginava que alçaria voos muito maiores.Seu primeiro ritmo de dança de salão foi o forró, mas logo o Zouk e então o Lambazouk se tornaria sua grande paixão.No Brasil ela fazia parte da companhia de dança "Movimento Lambazouk" de São Paulo, liderado por Ricardo Ferrari.Atualmente morando em Brisbane, na Austrália, Jessica é parceira de dança de um dos seus maiores ídolos e mestres da Lambada, Bebé. Juntos eles dão aulas pela Fortaleza Dance Arts e compõe o quadro de professores do Brazouka beach festival que acontece no final do ano em Porto Seguro - BA

Dança solo

Jessica se tornou instrutora credenciada de Fitdance em 2017, o programa de dança mais famoso do Brasil. Ela não esconde sua predileção pelo Funk e suas aulas se enchem de alunas interessadas em aprimorar o rebolado!Além das aulas de Fitdance, ela também faz performances como passista de Samba, já tendo se apresentado pelos grupos: Bahia Alegria, Mivida events, Lets Dance Latin de Sasha borogodo e Rhythm Brazil (Sydney).No desfile de carnaval da escola de samba Unidos de Brisbane ela é líder e coreógrafa da ala Baile Funk.Jessica já dançou em eventos de destaque, dentre eles Woodford festival, The planting festival e Commonwealth games closing ceremony.Ritmos do coração: Lambazouk, Zouk Brasileiro, Forró, Samba de Gafieira, Bolero, West Coast swing.

PARTIES LOCATIONS

Night Café Komaki

日本、〒485-0048 愛知県小牧市間々本町 間々本町123